Ao vestir o macacão, Ayrton Senna e o carro tornavam-se uma só entidade indissociável que sentia cada reação da pista e executava manobras inacreditáveis.

Alguns disseram que era um homem sem medo. A verdade é que o piloto encontrava no equilíbrio perfeito entre habilidade e fé os caminhos para correr como nenhum outro adversário poderia prever. Superava qualquer dificuldade em busca das vitórias.

A imagem deste brasileiro, considerado um dos maiores esportistas da história, é reconhecida nos quatro cantos do mundo, seja por seu talento e sua determinação excepcionais, ou por desempenho quase mágico.

É um mito do automobilismo mundial, contanto com uma história de sucesso que inclui 41 vitórias, 65 pole positions e 3 campeonatos mundiais na Fórmula 1.