A reconhecida habilidade de Ayrton Senna no asfalto já era conhecida em 1986, mas o então piloto da Lotus mostrou que também sabia pisar fundo no acelerador em carros de rali. Convidado pela revista britânica “Cars & Car Conversion Magazine”, o brasileiro testou cinco modelos diferentes para uma reportagem especial em um dia de treinos no País de Gales: Vauxhall Nova, Austin Rover Metro 6R4 (Grupo B), Ford Sierra RS Cosworth, Golf GTi (Grupo A) e Ford Escort de 3.4 litros com tração nas quatro rodas.

Senna decidiu aprender a pilotar na terra ali mesmo, sem auxílio de ninguém, enquanto a equipe preparava o material. “Não sei nada sobre rali e não quis perguntar nada a ninguém sobre a pilotagem. Quero descobrir sozinho”, disse antes de entrar no primeiro carro ao jornalista que assinou a reportagem da Cars & Car Conversion Magazine.

Reprodução/ Revista Cars and Magazine
Reprodução/ Revista Cars and Magazine
Reprodução/ Revista Cars and Magazine
Reprodução/ Revista Cars and Magazine
Reprodução/ Revista Cars and Magazine

O trajeto escolhido para o teste especial com Ayrton Senna tinha 2,4 km e fazia parte de uma região de florestas, usado em etapas especiais de ralis britânicos.

Ao final dos testes, o piloto brasileiro estava bastante satisfeito e disse aos jornalistas que a principal virtude para um piloto de rali era saber improvisar da maneira certa no momento exato.

“Você improvisa o tempo todo. Num carro de F-1 você sabe exatamente o que fazer em cada curva, sabe onde tem área de escape, onde tem de usar a zebra, conhece cada ondulação, porque faz tudo igual cem vezes num dia de testes. Num carro de rali é tudo mais instintivo, e não tem margem de erro. Meu único problema hoje é que eu não queria parar mais de andar! Foi o dia mais legal que passei desde que vim morar na Inglaterra”, disse Ayrton, bastante empolgado. Conhecendo seu histórico de grandes conquistas na chuva, em uma condição de aderência em que estas características também se aproximam bastante do descrito por Senna, certamente foi um de seus dias mais divertidos a bordo de carros de competição.

Na revista de novembro de 1986, Senna virou a capa do mês com a seguinte manchete: “Ayrton Senna – Piloto de rali” (Ayrton Senna – Rally Driver).

A edição da revista fez bastante sucesso na Inglaterra e a reportagem de capa rendeu oito páginas. Hoje em dia, a publicação é bastante rara e somente é encontrada nas mãos de poucos colecionadores.

Fontes: FlatOut! e Memorial Ayrton Senna