Notícias

Com homenagem a Ayrton Senna, Ana Marcela Cunha vence Travessia Capri-Napoli

A nadadora Ana Marcela Cunha, Campeã Mundial de Maratonas Aquáticas, foi a primeira brasileira a vencer a Travessia Capri-Napoli, na Itália. A esportista utilizou uma touca personalizada em homenagem a Ayrton Senna, inspirada no capacete verde e amarelo do tricampeão mundial de F1.

Ana Marcela ainda quebrou o recorde dos 36km da prova ao nadar o percurso em 6h24m45, baixando o recorde anterior do percurso em mais de 6 minutos. “O mar não estava fácil, mas felizmente deu tudo certo. A homenagem a Ayrton Senna se completou com vitória e recorde, do jeito que ele gostava”, lembrou a atleta.

A largada da travessia começou às 9h30 (horário local) de domingo, com a presença de 20 homens e 10 mulheres na prova. Ana Marcela esteve no pelotão de frente desde o início e se manteve em um ritmo regular para se distanciar dos homens, até chegar ao clube de Remo de Napoli. A brasileira terá seu nome gravado no troféu permanente da prova.

“Agradeço a todos os meus patrocinadores e ao meu clube, que, de alguma forma, contribuíram para que pudéssemos levar este título inédito e com recorde para o Brasil na primeira vez na história”, diz Ana.