Noticias

Instituto Ayrton Senna comemora 40 anos da criação do capacete mais icônico da F1

23/09/2019

A estreia oficial do capacete icônico de Ayrton Senna completa 40 anos nesta segunda-feira (23). Em 23 de setembro de 1979, o piloto tricampeão de Fórmula 1 disputou o Mundial de Kart pela segunda vez e se sagrou vice-campeão no Kartódromo do Estoril, em Portugal.

O design foi feito por Sid Mosca, que era responsável por pinturas de grandes pilotos da Fórmula 1. Para o Mundial de Kart de 1979, a delegação de cada país tinha que ter uma pintura única, conforme o regulamento, portanto todos os competidores brasileiros usaram o mesmo layout.

Logo que voltou ao Brasil, Ayrton conversou com Sid e pediu ficar com a pintura, fazendo daquele layout sua marca própria, que ficaria eternizada pelo próprio Senna nas competições de kart, Fórmula Ford, F3 e na F1.

“É muito especial poder comemorar 40 anos da criação dessa pintura, que é a mais icônica da F1 e de todo o automobilismo graças ao Ayrton”, diz Alan Mosca, filho de Sid, e que atualmente é responsável pela Sid Special Paint.

Alan lembrou de como foi a ideia inicial de seu pai para a pintura do capacete em 1979. “Na época cada país tinha que ter uma pintura e nós tivemos poucos dias para pintar o capacete da equipe brasileira. Foi uma criação repentina, mas que depois se tornou histórica com tantas vitórias e conquistas do Senna. Meu pai (Sid Mosca) teve essa ideia fantástica de fazer as faixas verde e azul saindo do olhar do piloto e vários pilotos até hoje nos procuram querendo fazer layouts inspirados nesse capacete do Ayrton”, completou Alan.

O capacete de Ayrton Senna é um dos produtos de licenciamento mais antigos e parte dos royalites são revertidos para o Instituto Ayrton Senna.