Noticias

O principal destaque de cada uma das 5 vitórias de Senna em Spa

28/08/2019

Ayrton Senna sempre deixou claro que uma de suas pistas preferidas na F1 era Spa-Francorchamps. Não à toa, o piloto brasileiro venceu metade das corridas que disputou no traçado belga. Foram cinco vitórias em 10 participações.

Apenas Michael Schumacher venceu mais vezes que Senna o GP da Bélgica. O alemão ganhou seis vezes, mas correu bem mais provas: 16 no total. Um recorde que pertence a Senna em Spa é o de vitórias consecutivas. Depois de ganhar pela primeira vez em 1985 com a Lotus, Senna emendou uma sequência espetacular com a McLaren entre 1988 e 1991 com quatro vitórias na corrida belga. Somente Jim Clark havia conseguido o mesmo feito entre os anos de 1962 e 1965.

Vamos relembrar um momento especial de cada uma das cinco vitórias de Senna em Spa:

1985 – Ultrapassagens para assumir a liderança

No GP da Bélgica de 1985, Senna liderou praticamente de ponta a ponta e dominou a prova em Spa, mesmo com a pista molhada em alguns trechos. No entanto, o brasileiro fez um pit stop para colocar pneus slick e voltou na terceira colocação, atrás de Thierry Boutsen e Elio de Angelis – que ainda estavam com pneus de chuva. Senna demonstrou um grande controle com a pista ainda úmida em Spa e ultrapassou ambos em menos de uma volta, retomando a liderança da prova.

1988 – Recorde de poles na década e ultrapassagem sobre Prost na 1ª volta

Ayrton Senna conquistou sua 25ª pole position na carreira em 1988 na Bélgica, tornando-se o recordista de poles nos anos 1980 – um feito considerável para quem só havia entrado praticamente no meio daquela década (1984).

Na corrida, Alain Prost foi melhor na largada e pulou na frente, mas, logo após a Eau Rouge, Senna grudou sua McLaren na traseira do companheiro e tirou de lado no “retão”, também conhecido como Kemmel Straight, concluindo a ultrapassagem antes da chicane Les Combes ainda na primeira volta. Depois Senna disparou para vencer.

1989 – Vitória de ponta a ponta com a pista molhada

Considerado o ‘rei da chuva’ na Fórmula 1, Senna dominou o final de semana na Bélgica com pole position e vitória de ponta a ponta. No domingo, dia da prova, um verdadeiro dilúvio caiu em Spa-Francorchamps e Ayrton manteve a ponta durante toda a corrida, terminando à frente de Alain Prost e Nigel Mansell.

A chuva em Spa-Francorchamps era tão forte que os pilotos de ponta estavam realizando suas voltas em 2min e 21 segundos, aproximadamente 30 segundos mais lentos que no treino classificatório. Dez pilotos abandonaram a prova.

1990 – Igualando Niki Lauda e Jim Clark

Com uma vitória de ponta a ponta e difícil por precisar manter a liderança em três largadas no início, Ayrton Senna conseguiu seu quarto triunfo no circuito belga em 1990. Foi sua 25ª vitória na carreira, igualando o número de triunfos do escocês Jim Clark e do austríaco Niki Lauda na F1.

1991 – Pole com 1 segundo de vantagem sobre Prost

Considerado favorito após conseguir fazer a pole position com 1 segundo de vantagem sobre Alain Prost (2º no grid com a Ferrari), Senna viveu um domingo bem mais difícil em 1991. Ele teve problemas na caixa de câmbio, perdeu a liderança para Nigel Mansell (Williams) e Jean Alesi (Ferrari) durante a corrida, mas recuperou-se e aproveitou os problemas dos rivais para vencer e comandar a dobradinha da McLaren, com Gerhard Berger em segundo.