Grande Prêmio da Inglaterra – 1986

Voltar

Muitas equipes podem chamar o Grande Prêmio da Inglaterra de casa, mas uma em especial estava se sentindo à vontade em seu quintal.

Era a Williams, de Nelson Piquet e Nigel Mansell, que dominou os treinos e enfileirou seus pilotos nas primeiras posições para a corrida. O brasileiro foi o pole position.

Mesmo obtendo o terceiro tempo, Ayrton Senna pretendia brigar pela primeira posição em Brands Hatch. Seu plano era largar bem e pressionar os líderes.

Logo na largada, ultrapassou Mansell e começou a pressionar Piquet pela ponta. Deixou o compatriota para trás na curva dos Druidas e já corria pela vitória. Entretanto, uma bandeira vermelha cancelou a largada da prova, devido a um grave acidente. Quatro pilotos tiveram que abandonar, mas quem levou a pior foi Jacques Laffite (Ligier) – fraturou as duas pernas e nunca mais pôde competir na F1.

Na segunda largada da corrida, Ayrton Senna manteve a briga pela ponta com Piquet e Mansell, mas foi parado por uma quebra na caixa de câmbio na 27a volta e viu o inglês fazer a festa em casa.

Resumo da Corrida

  • 1 N. Piquet
  • 2 N. Mansell
  • 3 Ayrton Senna
  • 4 G. Berger
  • 5 K. Rosberg
  • 6 A. Prost
  • 7 T. Fabi
  • 8 R. Arnoux
  • 9 D. Warwick
  • 10 J. Drumfries
  • 11 M. Brundle
  • 12 M. Alboreto
  • 13 T. Boutsen
  • 14 A. Jones
  • 15 R. Patrese
  • 16 P. Streiff
  • 17 P. Tambay
  • 18 S. Johansson
  • 19 J. Laffite
  • 20 A. Nannini
  • 21 A. de Cesaris
  • 22 J. Palmer
  • 23 C. Danner
  • 24 P. Ghinzani
  • 25 H. Rothengatter
  • 26 A. Berg
Voltas 75
Tempo Ensolarado
Volta mais rápida N. Mansell - 1´09´´593
Podium 1º N. Mansell 2º N. Piquet 3º A. Prost
Carros 26
Abandonos 16

Senna na corrida

Posição de largada 3
Posição final Abandonou (27ª volta)
Melhor volta 1’14’’024
Pontos somados para o Campeonato -
Posição no Campeonato após a prova 3
O que disse após a prova
“Voltei para os boxes porque achava que o problema era na seleção das marchas no câmbio. Na verdade, foi a quarta marcha que quebrou”