Grande Prêmio da França – 1987

Voltar

Ayrton Senna continuava brigando para estar entre os primeiros no grid e na corrida, mas sabia que era difícil acompanhar as Williams e começava a assistir a evolução de outras escuderias, como a McLaren e a Ferrari.

O terceiro tempo na classificação foi conseguido na base da superação e teimosia. Teria muito trabalho para alcançar uma boa colocação na corrida. No Grande Prêmio da França, a Lotus ia bem nas retas, como na Mistral, de 980 metros, mas nas curvas de baixa velocidade – e Paul Ricard tem muitas – não tinha a mesma retomada dos competidores de ponta.

Na corrida, Ayrton Senna chegou a fazer a volta mais rápida (1min27s685), mas era impossível manter aquele ritmo nas 80 voltas da corrida.

Ainda tentou segurar o terceiro lugar, resistindo a Alain Prost. Na penúltima volta, porém, seu carro perdeu pressão hidráulica e Ayrton Senna teve que maneirar para manter o quarto lugar, atrás de Nigel Mansell, Nelson Piquet (Williams) e Alain Prost (McLaren), a uma volta do vencedor.

Depois da prova, Ayrton Senna e meio time da Lotus permaneceram em Paul Ricard para testar a nova suspensão ativa que deveria estrear no Grande Prêmio da Itália. Havia alguma esperança de voltar a andar no ritmo dos concorrentes.

Resumo da Corrida

  • 1 N. Mansell
  • 2 A. Prost
  • 3 Ayrton Senna
  • 4 N. Piquet
  • 5 T. Boutsen
  • 6 G. Berger
  • 7 T. Fabi
  • 8 M. Alboreto
  • 9 S. Johansson
  • 10 D. Warwick
  • 11 A. de Cesaris
  • 12 R. Patrese
  • 13 R. Arnoux
  • 14 E. Cheever
  • 15 A. Nannini
  • 16 S. Nakajima
  • 17 P. Ghinzani
  • 18 M. Brundle
  • 19 C. Danner
  • 20 A.Caffi
  • 21 A. Campos
  • 22 I. Capelli
  • 23 P. Alliot
  • 24 J. Palmer
  • 25 P. Streiff
  • 26 P. Fabre
Voltas 80
Tempo Nublado
Volta mais rápida N. Piquet - 1´09´´548
Podium 1º N. Mansell 2º N. Piquet 3º A. Prost
Carros 26
Abandonos 17

Senna na corrida

Posição de largada 3
Posição final 4
Melhor volta 1’12’’231
Pontos somados para o Campeonato 3
Posição no Campeonato após a prova 1
O que disse após a prova
“Tive que dirigir o melhor que pude, mas mesmo assim estive mais lento porque não tive o melhor balanço do carro”