A temporada

Ninguém conseguiu superar a Williams de Nigel Mansell durante em 1992. Nem mesmo Ayrton Senna que, por mais talentoso que fosse, tinha em mãos um carro bem mais lento.

Foi uma temporada em que o piloto lutou para conquistar um lugar no pódio. As três vitórias e os pontos conquistados foram suficientes para levá-lo apenas ao quarto lugar no Mundial de Pilotos.

Até chegou a cogitar ficar um ano fora da Fórmula 1 depois dos resultados aquém das expectativas e quando as negociações com Williams e Ferrari fracassaram.

Foi também o ano em que Ayrton Senna despediu-se dos motores da Honda, aqueles que impulsionaram todos os seus carros vencedores na McLaren.

Colocação:Piloto:Pontos:
N. Mansell108
R. Patrese56
M. Schumacher53
Ayrton Senna50
G. Berger49
M. Brundle38
J. Alesi18
M. Hakkinen11
A. de Cesaris8
10ºM. Alboreto6
11ºE. Comas4
12ºK. Wendlinger3
13ºI. Capelli3
14ºT. Boutsen2
15ºP. Martini2
16ºJ. Herbert2
17ºB. Gachot1
18ºC. Fittipaldi1
19ºS. Modena1
EquipeMcLaren
CarroMcLaren/Honda MP4-7
Total de provas16
Vitórias3
Poles1
Pódios7
Melhores Voltas1
Abandonos7
Pontos50
Classificação no Campeonato4

Saia na frente e receba novidades Senna Brands.

Inscreva-se

Saia na frente e receba novidades Senna Brands.

Inscreva-se