Noticias

Talento de Senna fez TV Globo mostrar prova ao vivo do piloto antes dele chegar na F1

01/10/2019

Ayrton Senna foi o grande destaque na Fórmula 3 Inglesa em 1983, ano em que conquistou o título da categoria. O piloto brasileiro obteve números impressionantes com 12 vitórias, além de 14 pole positions em 20 provas disputadas. Foi assim que seu talento despertou interesse na grande imprensa brasileira e mundial antes mesmo dele chegar na F1.

Maior emissora do Brasil, a TV Globo exibiu ao vivo a penúltima prova de Senna na F3 Inglesa, em Silverstone (02/10/1983), algo completamente impensável nos dias de hoje, já que era uma categoria de acesso à F1. Se vencesse, Ayrton seria campeão com uma corrida de antecipação na disputa com Martin Brundle.

Em entrevista ao Senna TV, Reginaldo Leme lembrou desta que foi a primeira prova de F3 exibida na TV Globo.

“Antes da transmissão da corrida nós precisávamos preparar o público brasileiro para aquilo que a gente iria transmitir. A F3 era conhecida apenas pelo apaixonado (por automobilismo), então queríamos preparar o brasileiro em geral. Entrevistei o Senna várias vezes antes daquele dia, além do Keith Sutton, que era o fotógrafo oficial dele na época, o chefe de equipe dele (Dick Bennetts), além do Martin Brundle e o Eddie Jordan, que eram da equipe rival”, lembrou Reginaldo.

Senna abriu uma larga vantagem no início da temporada com nove vitórias consecutivas. Brundle foi diminuindo a diferença para o brasileiro aos poucos até chegar em apenas três pontos (116 x 113), sendo sete pontos se fossem considerados os três descartes obrigatórios. Das 20 provas do ano os pilotos descartavam seus três piores resultados.

No classificatório, Senna teve um pouco de azar porque entrou na pista quando começou a garoar. Alguns dos outros pilotos já tinham marcado suas voltas e o brasileiro conseguiu apenas o quarto lugar no grid. Senna ainda bateu o carro na barreira de pneus na classificação, mas a equipe West Surrey conseguiu  recuperar o carro para a corrida. A pole era de Davy Jones, que teria Brundle ao seu lado na primeira fila. Allen Berg, companheiro de Brundle, foi o terceiro no grid.

No dia da prova, Jones errou na largada e perdeu a terceira marcha. Brundle se manteve à frente de Senna, que pulou de quarto para a segunda posição. Com um problema no sinal, a TV Globo não exibiu a primeira volta, então quando as imagens chegaram ao vivo Ayrton Senna já era o segundo colocado. Na metade da prova a diferença não passava de 1s5 entre os rivais na disputa pela liderança.

Na última volta, Ayrton tentou assumir a ponta na disputa com Brundle, mas com receio de causar uma batida optou por recuar. O britânico venceu a prova e recebeu o ponto de bonificação pela volta mais rápida, conseguindo assim assumir a liderança do campeonato. Isso somente até antes da corrida final, três semanas depois, quando Senna venceu em Thruxton para sacramentar o título da F3. Ayrton estava cada vez mais próximo de conseguir uma vaga na F1.

Confira a corrida narrada por Galvão Bueno e com comentários de Reginaldo Leme: